posts com a tag ‘velódromo’

UCI TRACK CHAMPIONS LEAGUE – A PISTA PARA GRANDES PÚBLICOS

A UCI em parceria com a Eurosport Events e o canal de ciclismo GCN apresentaram as datas e os velódromos onde serão disputadas as seis rodadas da Track Champions League. Torneio começa em 6 de novembro em Palma de Mallorca e termina em 11 de dezembro em Tel Aviv e promete colocar na tevê ou por streaming o ciclismo de pista de um jeito diferente e muito mais dinâmico e de fácil compreensão para o público

UCI E EUROSPORT CONFIRMAM A TRACK CHAMPIONS LEAGUE

Agora é oficial a UCI – União Ciclista Internacional e a Eurosport apresentaram, no início de novembro, como será o novo evento que tem por objetivo principal colocar novamente o ciclismo de pista em evidência. Sob o nome de Track Champions League a competição tem como embaixadores Kristina Voguel e Chris Hoy e terá sua primeira edição no final de 2021

EM BREVE MANAUS TERÁ O SEU VELÓDROMO

Antiga capital da borracha, Manaus foi uma das cidades pioneiras a ter seu velódromo em 1889. Passados pouco mais de 120 anos a cidade voltará a receber uma pista para a prática do ciclismo. As obras deverão ser concluídas até setembro e a sua inauguração deverá fazer parte das comemorações dos 350 anos da capital do Amazonas

COPA DO MUNDO DE PISTA 2019/20 CANADÁ FECHA A TEMPORADA

A última etapa da Copa do Mundo de Pista da temporada 2019-2020 foi disputada no Mattamy National Cycling Centre em Milton, Canadá. Uma etapa com algumas seleções esvaziadas ou testando ciclistas mais jovens, sem a força da Nova Zelândia e para esvaziar ainda mais estava encavalada com o campeonato britânico e com os 6 dias de Berlin e a um mês do Mundial. Apesar de esvaziada, a etapa de Milton reservou boas disputas revelando novos campeões

NOVA ZELÂNDIA: 4ª ETAPA DA COPA DO MUNDO DE PISTA 2019/2020

O Avantidrome, em Cambridge , na Nova Zelândia, recebeu a quarta etapa da Copa do Mundo de Pista 2019/2020. Uma etapa de transição e ainda esvaziada, por exemplo sem a presença dos supervelocistas holandeses, o que abriu novas possibilidades e deu tempero a outras disputas. O grande destaque ficou por conta do velocista australiano Matthew Glaetzer que pouco mais de um mês após ter sido diagnosticado com câncer e passar por cirurgia, voltou a competir subindo ao pódio na keirin