posts com a tag ‘UCI’

NOVA ZELÂNDIA: 4ª ETAPA DA COPA DO MUNDO DE PISTA 2019/2020

O Avantidrome, em Cambridge , na Nova Zelândia, recebeu a quarta etapa da Copa do Mundo de Pista 2019/2020. Uma etapa de transição e ainda esvaziada, por exemplo sem a presença dos supervelocistas holandeses, o que abriu novas possibilidades e deu tempero a outras disputas. O grande destaque ficou por conta do velocista australiano Matthew Glaetzer que pouco mais de um mês após ter sido diagnosticado com câncer e passar por cirurgia, voltou a competir subindo ao pódio na keirin

HONG KONG: ETAPA ASIÁTICA DA COPA DO MUNDO DE PISTA

A terceira etapa da Copa do Mundo de Pista, abriu a temporada de disputas na Asia e Oceania. No velódromo de Hong Kong novos personagens tomaram o pódio, favoritos foram surpreendidos e várias seleções europeias foram para a pista com seleções B

EM GLASGOW A SEGUNDA ETAPA DA COPA DO MUNDO DE PISTA

O velódromo Sir Chris Hoy, em Glasgow, recebeu a segunda etapa da Copa do Mundo de Pista. Praticamente sem tempo para descansar, após a abertura do mais importante evento de pista, depois do Mundial, os pistards mostraram suas qualidades diante de um público fanático, e vários ciclistas confirmaram o seu bom desempenho repetindo o pódio e assumindo a liderança da classificação da temporada mundial de pista 2019/2020

COPA DO MUNDO DE PISTA: EM MINSK COMEÇOU A CORRIDA OLÍMPICA

A corrida por pontos rumo a Tóquio 2020 para os pisteiros se intensificou com a primeira etapa da Copa do Mundo de Pista 2019/20 , disputada em Minsk, na Bielorrúsia. Mais uma vez, a Holanda comandou a classificação geral, mas o destaque da competição foi para o italiano Filippo Ganna que superou o recorde da perseguição individual por duas vezes no mesmo dia

COPA DO MUNDO XCO: 7 X NINO E AVANCINI FECHA EM 3º

A Copa do Mundo de Mountain Bike XCO chega ao fim após 7 etapas, a última foi disputada em Snowshoe, nos Estados Undios, onde Nino Schurter conquistou seu 7º título do evento. Henrique Avancini fecha uma brilhante temporada, liderou parte da etapa, terminou em 4º e fecha a competição com o terceiro lugar na classificação geral. A categoria feminina ficou marcada pelo duelo entre Kate Courtney e Jolanda Neff, separadas por apenas 30 pontos ao final da competição e pelo ressurgimento da campeã olímpica jenny Rissveds e pela retorno à boa forma de Pauline Ferrand-Prévot