2º MEETING DE CICLISMO DE PISTA DE CAIEIRAS

A segunda edição do Meeting de Ciclismo de Pista de Caieiras mostrou ser mais uma vez, uma grande ideia para agitar a modalidade no país.  Muito além de se pensar em performance, os organizadores do evento apostam no congraçamento das pessoas com a participação de ciclistas de todas as categorias; isso possibilita a que muitos ciclistas tenham uma das poucas oportunidades ao longo do ano para disputar as várias especialidades da pista, aprimorar sua técnica e trocar informações com outros competidores 

2º Meeting de Caieiras  – Foto: George Panara©MundoBici

No final de semana de 29 e 30 de setembro, o ciclismo de pista brasileiro teve mais um dos raros encontros, fora das competições oficiais, com a disputa do 2º Meeting de Ciclismo de Pista de Caieiras.  A prefeitura local vem apoiando, já faz mais de um ano as ações no velódromo, e isso facilitou muito a realização da segunda edição com a disponibilidade de alojamento entre outras facilidades.   O evento tem a organização do grupo denominado TCP – Treinadores de Ciclismo de Pista, nesta edição liderado por Fernando Fermino,  que também organizam outros eventos para crianças e jovens  nos velódromos de Indaiatuba e Americana, em parceria com a Quase Lenda, do  empresário local do ramo das bicicletas Fernando Wanderley  que para muitos pode ser considerado como um dos guardiões do velódromo da cidade.

A segunda edição foi um pouco mais modesta que a primeira, pois além da falta dos argentinos que no ano passado trouxeram uma expressiva e jovem delegação, também foi sentida a falta de alguns nomes importantes do ciclismo de pista nacional, entre eles vários integrantes da seleção nacional, exceção a Wellyda dos Santos e Daniela Lionço, e Joel Cândido Prado Júnior, o Juninho  que estão na Europa disputando uma série de competições. Mas isso não desanimou os organizadores que conseguiram colocar um evento aonde se apresentaram parte das equipes mais importantes do país como São Francisco Saúde-Ribeirão, Funvic, Rio Claro, Memorial e São Bernado Penks,. Além da participação de ciclistas da categoria máster com destaque para Clythio van Buggenhout e Cleber Anderson que usaram o Meeting de Caieiras como mais um passo na preparação para o Mundial Máster da UCI que acontece entre os dias 6 e 13 de outubro, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Tatiele Valadares/Funvic e Viviane dos Santos/Memorial disputam a Velocidade – Foto: George Panara©MundoBici

No sábado o programa  de competições do Meeting de Caieiras  foi aberto com a Omnium aonde tivemos uma bela disputa entre Flavio Santos, Cristian Egídio, Francisco Chamorro e Rafael Andriato que venceu o Sratch que abre o programa de 4 provas dessa competição. Cristian Egídio venceu a Tempo Race e Chamorro levou a Eliminação. A decisão, seguiu a tradição da prova e foi levada para a Prova por Pontos, e foi aí aonde Flavio Santos e Cristian Egídio travaram um belo duelo.  Santos, também conhecido pelo apelido de Baiano,  mostrou muita combatividade desde as primeiras voltas, vencendo três sprints intermediários, além disso junto com Cristian Egídio conseguiu abrir 2 voltas o que deu aos dois ciclistas mais 40 pontos, ao final de 80 voltas Santos totalizou 178 pontos, contra 174 de Egídio.

Na prova feminina da Omnium, reuniu ciclistas da elite e sub23, teve como destaque a  Tatiele Valadares. A ciclista de 23 anos deu sinais de que se bem trabalhada terá boas condições de evoluir no velódromo, em Caieiras ela venceu  o Scratch, a Tempo Race, a Eliminação da Omnium e ainda venceu 3 sprints intermediários da Prova por Pontos, conquistando a vitória geral somando 146 pontos.  A segunda posição ficou com a sub23 Ana Paula Casetta que somou 126 pontos, contra 117 da segunda colocada, Thayná Araújo.

Na Velocidade por Equipes, os garotos da equipe de Rio Claro – Brendo Morais, Breno Morais, Arthur Brandini – tiveram uma vitória apertada sobre o trio da Liga Sorocabana, formado por Fábio Vaz, Luciano dos Santos, Fábio Rosetto.

Flavio Santos na prova por pontos da Omnium – Foto: George Panara©MundoBici

No domingo  tivemos a disputa do Keirin masculino e feminino, aonde os ciclistas da Funvic, Francisco Chamorro e Tatiele Valadares conquistaram a vitória. Ainda aconteceram as disputas do Contra Relógio das categorias máster (500 e 750m) , a Perseguição Individual, a Prova por Pontos da Master  e a Madison.

Na categoria Master aconteceu o retorno histórico de Cleber Anderson ás pistas. Após abandonar as provas de pista no final de 1988, descontente com as decisões adotadas pelos dirigentes para com as categorias de base (para quem pensa que os problemas são coisa recente, a questão é mais antiga do que parece) ,  ele nunca mais havia disputado uma competição em um velódromo, pedalou algumas vezes quando o velódromo de Caieiras foi inaugurado, mas nada de competições.  No Meeting fez o seu retorno antes do embarque para o Mundial Master .  Venceu a prova do Scratch com um sprint, bem ao estilo da família  Anderson de velocistas que tem como principal expoente Clóvis Anderson Jr – campeão Pan Americano e 10º colocado na prova do Km dos Jogos Olímpicos de Seul’1988 .  Na máster A,  o destaque foi para o ciclista de Araçatuba,  Leandro Reichenback que venceu a contra-relógio e o Scratch .

Cristian Egídio e Rafael Andriato, fazem a troca na prova de Madison – Foto: George Panara©MundoBici

A Madison acabou se transformando em um duelo entre Funvic e Ribeirão, tendo a dupla de Rio Claro uma participação de coadjuvantes , e devido a falta de duplas ainda tivemos a participação da dupla feminina da Memorial, formada por Thayná Araújo e Ana Paula Casetta e a dupla da categoria Open, formada pelos irmãos Cleber e Américo da Costa, da SERC Santa Maria-São Caetano .  Apesar de Cristian Egídio ter sofrido uma queda ao tocar a roda de seu companheiro Andriato na hora da troca de posições, ele conseguiu se levantar e continuar na disputa, ao final a dupla de Ribeirão Preto ficou com a vitória . Os dois souberam tirar proveito do momento em que Chamorro/Santos diminuíram o ritmo, já acusando o cansaço, somado ao forte calor que fez na tarde de domingo, a terceira posição ficou com a equipe de Rio Claro.

Durante o encerramento, já se falava da próxima edição e do principal: da necessidade de uma maior participação por parte de ciclistas e de todas as pessoas envolvidas com o ciclismo de pista para que eventos como esse se espalhem pelos velódromos de São Paulo, Paraná e do Rio de Janeiro; aliás sentiu-se a ausência de ciclistas paranaenses e cariocas e dos muitos paulistas que reclamam a não realização de eventos de pista e quando estes acontecem os ciclistas não comparecem, não é um puxão de orelhas, mas um alerta para a necessidade de um maior envolvimento pois é em eventos como esse que podemos evoluir e fazer a modalidade crescer e para isso é preciso ir buscar apoio com empresários do setor, como fizeram a DKS Bike – do ex-ciclista Cezar Daneliczen e da Penks que junto com empresários locais, como a Central Farma, Perfumaria Zínias e a Hanser Serviços Automotivos e da Prefeitura de Caieiras e da secretaria de Esporte viabilizaram a realização do Meeting.

Categoria Master – Foto: George Panara©MundoBici

2º Meeting de Ciclismo de Pista – Velódromo Agenor Moraes da Silva “Zague” – Caieiras

Sábado 29 de Setembro

Velocidade por Equipes

Masculino – 750 m

1- ABEC Rio Claro – Brendo Morais, Breno Morais, Arthur Brandini – 51s640 – vel. média 52.285

2- Liga de Ciclismo Sorocabana – Fábio Vaz, Luciano dos Santos, Fábio Rosetto -51s739

3- Funvic São José dos Campos – Francisco Chamorro, Flavio Cardoso, Juan Amarilla – 51s881

4- Equipe Mista (Santos-Araçatuba-Votuporanga) – Marcos Maior, Leandro Reichenback, Matheus Cavasana – 54s387

Feminino – 500m

1- Memorial Santos – Marcela Sodré, Viviane dos Santos – 43s298

2-  Equipe Mista (Indaiatuba-Americana) Rosemeire da Silva, Simone Mercadante – 43s298

3- Team São Bernardo Penks – Luzia de Oliveira, Jéssica Braz – 44s319

2º Meeting de Caieras – Prova de Velocidade Foto: George Panara©MundoBici

200m Masculino

1- Matheus Zocal – Memorial-Santos-Fupes – 11s834 – vel. média 60.842 km/h

2- Brendo Morais – ABEC Rio Claro – 12s121

3- Roberto Vaz – Liga Sorocabana – 12s151

4- Leandro Reichenback – Araçatuba – 12s704

200m Feminino

1- Viviane dos Santos – Memorial-Santos-Fupes – 12s866

2- Tatiele Valadares – Funvic-São José dos Campos – 13s440

3- Rosemeire da Silva – Indaiatuba – 14s100

4- Marcela Sodré – Memorial-Santos-Fupes – 14s500

200m Juniores

1- Juan Gabriel Amarilla – Funvic S. José dos Campos – 12s785 – vel. média 56.435 km/h

2- Arthur Brandino – ABEC Rio Claro – 12s997

3- Leonardo Mercadante – Americana – 123s058

4- Leonardo de Lima – Americana – 13s361

Foto: George Panara©MundoBici

Omnium

Feminina

1- Tatiele Valadares – Funvic-S.José dos Campos – 143 pontos

2- Ana Paula Casetta – Memorial-Santos-Fupes – 126 pontos

3- Thayná Araújo – Memorial-Santos-Fupes – 117 pontos

Masculina

1- Flavio Cardoso – Funvic-S.José dos Campos – 178 pontos

2- Cristian Egídio – S.Francisco Saúde-Klabin-Ribeirão Preto – 174 pontos

3- Francisco Chamorro – Funvic-S.José dos Campos – 130 pontos

Scrath

Feminina – 30 voltas -7,5 km Tempo de Prova: 11m51s321 –  Velocidade Média: 37,958 Km/h

1- Tatiele Valadares – Funvic-S.José dos Campos

2- Ana Paula Casetta – Memorial-Santos-Fupes

3- Adriana Lobo – Memorial-Santos-Fupes

Masculina 40 voltas – 10 km – Tempo de Prova: 13:30,303 Velocidade Média: 44,428 Km/h

1- Cristian Egidio – – S.Francisco Saúde-Klabin-Ribeirão Preto

2- Brendo Morais – ABEC Rio Claro

3- Flavio Cardoso Funvic-S.José dos Campos

Junior – 40 voltas – 10 km – Tempo de Prova: 14:45,000 Velocidade Média: 40,678 Km/h

1- Glauber da Silva – Atleta Cidadão-Inst. Athlon

2- Juan Gabriel Amarilla – Funvic-S.José dos Campos

3- Arthur Brandino – ABEC Rio Claro

Foto: George Panara©MundoBici

Domingo 30 de setembro

750m Contra- relógio

Master A

1- Leandro Reichenback – Araçatuba –  57s224 – vel. média 47.183

2- Felipe Garcia – Indaiatuba – 57s882

Master B

1- Marcos Maior – Votuporanga – 57s786

2- Renatos Hanser Caieiras – 1m01s219

500m Contra-relógio  Open

1- Clythio van Buggenhout – 40s721 – vel. média 44.203

2- Antonio Garcia – Indaiatuba – 43s273

3- Geraldo Reis – Idaiatuba – 43s295

Clythio van Buggeenhout e Cleber Anderson disputaram o Meeting antes de viajar para o Mundial Master em Los Angeles, nos Estados Unidos – Foto: George Panara©MundoBici

Eliminação

Master A

1- Leandro Reichenback – Araçatuba

2- Felipe Garcia – Indaiatuba

3- Luiz Proto – MTB em  Atibaia

Master B

1-  Marcos Maior – Votuporanga

2-  Renato Hanser – Caieiras

Open Master

1- Geraldo Reis – Indaiatuba

2- Cleber Anderson – Anderson Bicicletas

3- Clythio van Buggenhout

Perseguição Individual

Feminino – 3000m – 12 voltas

1- Adriana Lobo – Memorial-Santos-Fupes – 4m29s920

2- Jéssica Braz – Team São Bernardo Penks – 4m44s198

3- Marcela Sodré – Memorial-Santos-Fupes – 5m03s824

Masculino – 4000m – 16 voltas

1- Francisco Chamorro – Funvic-S.José dos Campos – 5m15s928

2- Matheus Braz – ABEC Rio Claro – 5m25s387

3- Matheus Zocal – Memorial-Santos-Fupes – 5m49s551

Scratch

Máster A

1- Leandro Reichenback – Araçatuba

2- Felipe Garcia – Indaiatuba

3- Luiz Proto – MTB em Atibaia

Master B

1- Marcos Maior – Votuporanga

2- Renato Hanser – Caieiras

Open Master

1- Cleber Anderson – Anderson Bicicletas

2- Geraldo Reis – Indaiatuba

3- Clythio van Buggenhout

 

KEIRIN

Feminino

1- Tatiele Valadares – Funvic-São José dos Campos

2- Viviane dos Santos – Memorial-Santos-Fupes

3- Jéssica Braz – Team São Bernardo Penks

Masculino

1- Francisco Chamorro – Funvic-S.José dos Campos

2- Brendo Morais – ABEC Rio Claro

3- Matheus Zocal – Memorial-Santos-Fupes

Madison

100 voltas – 25 km

1 – São Francisco Saúde-Klabin-Ribeirão Preto – Rafael Andriato, Cristian Egídio –

2- Funvic-São José dos Campos – Flavio Cardoso, Francisco Chamorro

3- ABEC Rio Claro – Brendo Morais, Arthur Brandino

 

Pontuação por Equipes

1- Funvic-São José dos Campos – 203 pontos

2- Memorial-Santos-Fupes – 203 pontos

3- Secretaria de Esportes de Indaiatuba – 158 pontos

Deixe um comentário