BLUE CYCLE MAIS PRÓXIMA DO ESPORTE E DOS CONSUMIDORES

A mudança que já começou, e que se tornou pública na primeira semana de março durante a Convenção de Vendas da Blue Cycle Distribuidora, resultou em bons frutos para o esporte: a empresa assumiu o Suporte Neutro, o treinamento técnico e também será a responsável por muitos dos eventos que levam a marca da Shimano. Para mostrar essas mudanças,  o diretor da BCD , Juliano Xavier, recebeu em Itupeva jornalistas especializados para uma conversa sobre a empresa, mercado e as ações que serão realizadas ao longo do ano

Juliano Xavier da Blue Cycle Distribuidora conversa com jornalistas – foto: Shimano/Divulgação

Seguindo as diretrizes adotadas pela Shimano em outros mercados junto a seus distribuidores,  a gigante japonesa adota a mesma posição para a sua distribuidora no Brasil, a Blue Cycle Distribuidora. A empresa surgida da joint venture entre a Shimano Inc, RR Participações (dos acionistas da LM Bike) e Douek Participações (dos acionistas da Isapa)  começa a assumir mais espaço na promoção e nas ações diretas de fomento junto ao mercado.  De forma simples e para uma fácil compreensão agora trata-se de uma relação direta entre quem importa e comercializa o produto e os lojistas, tendo ainda o escritório da Shimano Latin America como um ponto de apoio e como resultado a busca de um melhor atendimento ao consumidor.

Na última edição da Descida das Escadas de Santos, disputado no último domingo (04 de março) o apoio Neutro da Shimano já estava sob os cuidados da Blue Cycle,  e pelo que foi apresentado à imprensa pelo diretor da geral da empresa, Juliano Xavier,  neste ano a participação da equipe dos Anjos Azuis, como são conhecidos os técnicos que prestam o auxilio neutro nas competições será ainda maior, isso sem falar no patrocínio a vários outros eventos com maior exposição da marca, como acontecerá no Brasil Ride e no IronMan; ao longo do ano serão mais de 50 eventos de suporte Neutro, buscando um maior engajamento dos esportistas com a marca.   Apesar de não mudarem de cor de camisa, continuam com o tradicional azul, muitos colaboradores que reconhecidamente eram da Shimano mudaram de endereço e agora integram a equipe da Blue Cycle, uma mudança estrutural, mas que garante a mesma qualidade de atendimento.

Durante a Convenção da BCD foi apresentado o sistema Bikefitting – foto: George Panara/Mundo Bici

No ano passado a Shimano esteve presente em 44 provas, o crescimento neste ano é e pouco mais de 10%  em competições apoiadas ou patrocinadas pela marca. “Tínhamos um plano de crescer nossos investimentos em marketing e eventos e o ano de 2018, especificamente, é um marco. De fato a BCD vai sair a campo, fazendo a gestão de marca da Shimano, que sempre teve um trabalho muito legal desde a criação da Shimano Latin America, em 2007, e agora essa é uma responsabilidade nossa. A integração é completa”, contou Juliano Xavier que também  pontuou sobre a posição da empresa no setor: “Como lideres de mercado temos a responsabilidade de entregar sempre mais e fomentar nossa base consumidora, que são os ciclistas”, disse o diretor da BCD que foi o primeiro funcionário contratado pela empresa e que hoje conta com uma equipe com mais de 140 colaboradores.

Após dois anos da sua criação, e já com as suas relações comerciais bem definidas, a Blue Cycle ou BCD como também é conhecida, será a responsável pelas ações diretas de promoção.  Xavier, contou um grupo de  jornalistas do setor como foi o inicio da empresa:  “Há dois anos a BCD começou sua operação assumindo a distribuição do Brasil inteiro. Estabelecemos um escritório de operações em São Paulo, próximo à Avenida Paulista, onde concentramos parte do nosso pessoal de administração, marketing e vendas. Construímos um Centro de Distribuição de cerca de 5.000m2 totalmente novo, erguido do zero, estrategicamente localizado na cidade de Itajaí (SP) e equipado com tecnologia de ponta, tudo para melhorar nossa logística e agilizar nossas entregas. Além disso, temos uma força de vendas composta por mais de  70 profissionais”.

Indo além dos patrocínios e com o foco direcionado ao mercado, a BCD tem programado para este ano dar treinamento a mais de 2000 mecânicos no Brasil com os seminários técnicos.  A  empresa fará ações para fortalecer as outras marcas da casa, como Schwalbe, Lazer, Bikefitting e Pearl Izumi – e como consequência os lojistas terão  um aumento no portfolio de produtos a serem oferecidos ao consumidor final.  E para isso acredita no relacionamento com o mercado e o incentivo aos lojistas para que tenham uma maior variedade de produtos.

Durante a conversa com os jornalistas, ao ser indagado sobre qual a posição da BCD para com empresas ou pessoas que praticam importações para comercialização ilegal, Juliano Xavier comentou que a empresa se filiou a ABCF – Associação Brasileira de Combate a Falsificação e Contrabando. Além de combater as ações de importações ilegais, a ação também aponta ao combate de falsificações que entraram no mercado nacional vindas da Ásia.

A conversa também abordou a alta carga de impostos que temos no país, uma realidade que atinge em cheio todo mercado, mas quando todos trabalham respeitando as mesmas regras, a diferença se faz com qualidade na prestação de serviços, com o bom relacionamento e a diferenciação se faz com o  atendimento oferecido pela rede de distribuição e nisso Xavier ainda aposta na parceria com lojist: “Reforçando a importância da experiência, o cliente que compra aqui no mercado nacional, além de ter um produto com nota fiscal, que pode viajar para onde quiser sem risco, que vai ter um suporte do lojista. Isso para nós é sem duvida o principal argumento para que ele faça a compra aqui . Para que ele privilegie o lojista local que está trabalhando de maneira correta.”   Em tempos de vendas pela internet, fica claro que a BCD ainda aposta alto no relacionamento consumidor+lojista, na experiência  sensorial e isso se traduz diretamente no ShimanoFest.

Sem falar de números, Xavier mostrou muito otimismo sobre o mercado, sinalizando que também o setor passa por uma recuperação:  “Este ano a economia do Brasil parece que de fato vai sair da recessão, o que começou a acontecer em 2017, devendo crescer em 2018, o que nos deixa confiantes. E a perspectiva é boa já que começamos bem a temporada com a nossa Convenção de Vendas, com uma equipe bem grande onde todos estão animados. O mercado brasileiro é bastante importante, temos 200 milhões de habitantes em um País continental com uma base consumidora enorme”, concluiu.

Além da conversa sobre mercado com Juliano Xavier, da Blue Cycle e com o gerente de marketing da Shimano, Rogério Tancredi, os jornalistas ainda tiveram a possibilidade de participar da palestra motivacional e também de um bate-papo com o mountain biker Thiago Drews Elias, mais conhecido como Brou Bruto. O ciclista mineiro contou suas experiências e vida e mostrou toda sua “brutalidade” com ações simples que podem contribuir para o bem comum ou para a superação.

Deixe um comentário