ESTAÇÃO MOUNTAIN BIKE REVELA AS TRILHAS DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

No coração de Minas Gerais, Conceição do Mato Dentro trabalha para se tornar referência para quem quer passar suas férias pedalando com a abertura, em breve, da Estação Mountain Bike. Um projeto com áreas públicas de apoio ao ciclista, trechos sinalizados e até bike wash para cuidar da bicicleta ao final dos passeios

Estação Mountain Bike de Conceição do Mato Dentro tem trechos de alta montanha
foto: Tom Alves

É hora de começar a pensar em como se divertir e quais destinos escolher para fazer turismo de bicicleta no processo de retomada após a pandemia. Uma das melhores opções para quem curte pedalar é Conceição do Mato Dentro, considerada a Capital Mineira do Ecoturismo e com forte ligação com o mountain biking, a cidade muito em breve estará inaugurando o que pode ser considerada a primeira Estação de Mountain Bike do Brasil, seguindo um conceito como as estações de esqui europeias que envolvem a cidade onde estão localizadas.

Um dos percursos da Estação MTB guarda várias cachoeiras – foto: Tom Alves

A Estação MTB de Conceição do Mato Dentro está localizada em uma região privilegiada com belos atrativos naturais como a Cachoeira do Tabuleiro – catalogada como a mais alta de Minas Gerais e a terceira do Brasil -, com 273 m de queda livre, além disso integra os Circuito dos Diamantes da Estrada Real e o Circuito da Serra do Cipó e trilhas, muitas trilhas e estradinhas de terra para pedalar, são mais de 100 km em meio a 2 parques, fazendas e áreas da prefeitura; some a isso tudo uma boa estrutura de pequenos hotéis e pousadas, segurança e a boa hospitalidade mineira.

É a essência do mountain bike – e quem sabe também para muito graveleiro – a proposta é para curtir a natureza e aproveitar o pedal, sem interferência do homem como em um bike park onde são construídas rampas, saltos, curvas escoradas com madeira. Vale destacar que a região, em março de 2021 receberá a Brasil Ride Serra do Cipó que será disputada em 5 etapas, e isso diz muito sobre o que eta tem a oferecer.

Construções históricas de Conceição do Mato Dentro – foto: Tom Alves

A Estação Mountain Bike está dividida em 3 setores com um percurso mais urbano onde pode-se conhecer o patrimônio arquitetônico com igrejas, capelinhas e vários monumentos . O setor dos atrativos naturais com belas cachoeiras e o circuito de alta montanha com altitude média entre 700 e 800 metros na parte baixa e com 1.100 metros na parte mais elevada.

Os roteiros foram planejados para terem seu início no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) onde o ciclista terá à disposição, além de informação,  tomadas elétricas e de USB para carregar desde seus gadgets até uma e-bike com energia captada através de painéis solares.

Estação Mirante dos Tropeiros

Além do ponto de energia do Centro de Atendimento ao Turista, haverá outros três postes de energia ao longo do percurso, localizados em pontos estratégicos e seguros  – um no Parque do Tabuleiro, um na Cachoeira Rabo de Cavalo e outro no Cânion do Peixe Tolo – em cada poste há duas duas tomadas comuns e duas entradas para USB para recarga de bicicletas elétricas, celulares, computadores etc. Outro mimo à disposição do ciclista é a estação de Bike Wash – onde após o passeio seria possível lavar a bicicleta. Toda essa estrutura estará disponível de forma gratuita a todo visitante

No percurso há sinalização com placas e totens que apontam distância, atrativos com informação em português e inglês, além de informações sobre o perfil da trilha, estimativa de tempo para o percurso, gráfico com altimetria e também informações sobre a localização do Pronto Socorro mais próximo. Em meio ao percurso haverá vários Pontos de Encontro – meeting points – com sombra e lugar para sentar e também mesa para lanches.

Ponto de energia – captação com placas fotovoltaica garantem energia elétrica . Ao longo do percurso mapas fornecem informações das trilhas

Toda essa estrutura da Estação MTB de Conceição do Mato Dentro estará disponível de forma gratuita a todo visitante. Trata-se de uma forma inteligente de dar apoio e atrair mais visitantes para a região que tem enorme potencial para incrementar a atividade do turismo em bicicleta e com isso também incentivando o desenvolvimento sustentável da região e  possibilitando a geração de renda para muitos moradores.

Por trás desse projeto está  Antônio Gonçalves, talvez poucos o conheçam por seu nome. Mas no mundo do mountain bike ao citar Ticorico muita gente vai  se lembrar da Trans Espinhaço, da prova por etapas Cipó Cup ou ainda do Guia Mineiro de Mountain Bike do qual é co-autor.

Trevo do caminho da Lapinha da Serra

Profundo conhecedor da região, Ticorico apresentou o projeto à Prefeitura de Conceição do Mato Dentro em 2017. O prefeito da cidade José Fernando Aparecido de Oliveira comprou a ideia e foi em busca de uma parceria com a mineradora Anglo American Brasil que após estudos de viabilidade destinou recursos para que o projeto seja levado adiante.

Ticorico aposta alto no turismo em bicicleta ou turista biker como ele prefere;    e trabalha para levar sua ideia a outras cidades envolvendo parques, unidades de conservação, hotéis fazenda, pousadas, fazendas quem sabe até mesmo à vizinha Itabira, cidade onde nasceu.   

Ao final dos pedais na Estação MTB espaço para dar um trato na bicicleta

Estação Mountain Bike de Conceição do Mato Dentro

Distâncias

Belo Horizonte : 167 km

São Paulo: 739 Km

Rio de Janeiro: 596 km

Brasília: 824 km

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.