KRISTINA VOGUEL SOFRE GRAVE ACIDENTE NO VELÓDROMO DE COTTBUS

A super velocista alemã  Kristina Voguel (11 títulos mundiais e 2 medalhas olímpicas), sofreu na noite desta terça-feira um grave acidente enquanto treinava no velódromo de Cottbus

 Kristina Vogel comemora o ouro na Velocidade 200m  – no Mundial de 2015 disputado em Saint-Quentin en Yvelines  – Foto: Alex Livesey/Getty Images

A ciclista Kristina Voguel após o acidente foi conduzida ao hospital de Cottbus, mas dada a gravidade da lesão na coluna os médicos decidiram transferi-la para o centro de traumatologia de Berlim aonde deverá passar por uma cirurgia.

O técnico da seleção alemã, Detlef Uibel  declarou logo após o acidente: “Estamos muito preocupados com Kristina, parece muito grave”. A gravidade do acidente se confirma também nas palavras de seu empresário, Jörg Werner que disse: “Ela está gravemente ferida”, sem adiantar maiores detalhes.

A 11 vezes campeã mundial e duas vezes medalhista olímpica estava treinando  junto da campeã mundial junior Pauline Grabosch para a prova de velocidade. Quando a jovem saiu do trem, Kristina arrancou e colidiou com outro ciclista que estava entrando na pista.  Com o choque Kristina caiu e bateu as suas costas contra a pista de concreto

Voguel estava treinando para o Grande Premio da Alemanha, evento que seria realizado na próxima sexta-feira  e sábado (29 e 30.06) no Velodromo de Cottbus, o mais popular da Alemanha com sua pista de concreto de 333m e semi-coberto.  Com o trágico acidente  segundo o  informativo Lausitzer Rundschau existe a possibilidade de que o evento seja cancelado.

Rio 2016 – Kristina Voguel disputa a final da Velocidade 200m contra a britãnica Rebecca James

Este não é o primeiro grave acidente de Voguel, em abril de  2009 aos 18 anos ela ficou gravemente ferida enquanto treinava na estrada e se chocou ao ser ultrapassada por uma van, a ciclista bateu na lateral do veículo e sofreu graves ferimentos. A velocista quebrou a mandíbula, perdeu seis dentes e quebrou quatro ossos do carpo além de sofrer uma leve hemorragia cerebral e ter vértebras torácicas quebradas e vários cortes no rosto.  Com a gravidade das lesões a ciclista foi colocada em coma induzido por dois dias.  Segundo a própria ciclista, em relatos da época, foi sua  musculatura que  a salvou da paraplegia e por semanas ela só podia comer comida líquida.

Voguel não guardou lembranças do acidente, nove meses depois ela já estava correndo novamente,  e após onze meses disputou o Mundial de Pista na Dinamarca aonde terminou em 5º na velocidade e 6º lugar na Velocidade por equipes ao lado de Miriam Welte

Recuperada do acidente Voguel levou o caso para os tribunais, o caso se arrastou por alguns anos pois envolveu um policial  a serviço do estado da Turíngia e cinco anos depois, em 2014, ela recebeu uma indenização de 92 mil euros.

O espírito de luta é uma das suas marcas registradas, juntamente com seu otimismo inabalável e bom humor contagiante.  Vogel é uma das esportistas  mais bem sucedidas da Alemanha na atualidade. Com seu décimo primeiro título mundial em março em Apeldoorn, a ciclista que nasceu no Quirguistão empatou em numero de títulos mundiais com a recordista australiana Anna Meares

Três anos depois do acidente Kristina Vogel  nos Jogos Olimpicos de Londres’2012  conquistou a medalha de ouro fazendo dupla com Miriam Welte na Velocidade por Equipes (500m). No Jogos do Rio2016 , apesar de ter competido com um selim quebrado ela conquistou o ouro na Velocidade (200m) e o bronze  na Velocidade por Equipes mais uma vez em parceria com Miriam Welte.

Deixe um comentário