STEELWORKS: QUADRO DE AÇO COM FORMAS DE CARBONO

A produção de quadros de aço poderá voltar com força à indústria. A gigante alemã Thyssenkrupp desenvolveu o Steelworks um quadro de aço altamente durável com maior resistência e rigidez do que o alumínio e com o design de um quadro de carbono, um formato inimaginável para o aço até pouco tempo atrás

Steelworks - inovação tecnológica garante novas formas ao quadro de aço para bicicletas
O quadro Steelworks recebeu o premio “Melhor do Melhores” do Red Dot Desing Award – categoria Materiais e Superfícies – foto: Thyssenkrupp Steel Europe

Não se trata de saudosismo ou um retorno com força da velha escola de artesãos (os telaisti italianos ou frame buiders americanos) que trabalham com tubulações Columbus ou Reynolds; mas de um novo produto que poderá causar grande impacto na fabricação de bicicletas.

E por que aço? Ele é muito mais fácil de se processar, além de ser altamente durável, ter maior resistência e rigidez que o alumínio e com o novo sistema de construção.

Atualmente, a grande maioria dos quadros de bicicleta são construídos com tubos de alumínio ou são laminados com fibra de carbono aonde se consegue uma maior rigidez do quadro, muitas vezes em detrimento do conforto.

O quadro Steelworks passa por um processo de soldagem a laser 3D automatizado – foto: Thyssenkrupp Steel Europe

Partindo desse preceito, a equipe de engenheiros da Thyssenkrupp desenvolveu um quadro, o Steelworks que carrega todas as propriedades do aço, utilizando chapas de aço DP600, também utilizado na indústria automobilística, mas neste caso muito mais finas,  e processos de produção de última geração, rompendo com modelos tradicionais de construção de quadros combinando rigidez e conforto, qualidades geralmente conflitantes em muitos dos atuais materiais em uso.

A nova tecnologia poderia ser uma saída para parte da indústria, principalmente para o mercado europeu que atualmente tem uma grande demanda de quadros para atender o mercado das e-bikes e esse formato de quadros.


A equipe formada pelo Dr. Hans-Peter Schmitz, Ralf Stegmeyer (ambos de Pesquisa e Desenvolvimento), Jia-Uei Chan (Gerente de Projeto), Premal Desai (Diretoria Executiva Thyssenkrupp Steel), Dr. Yu Sun (Pesquisa e Desenvolvimento) e Andreas Keutz (Gerente de Projetos Clientes Automotivos) recebeu o Red Dot Design Award- foto: Thyssenkrupp Steel Europe

Por trás dessa corrida tecnológica, também está em jogo a capacidade para atender os mercados internacionais, principalmente pelas medidas antidumping impostas pela União Europeia às bicicletas elétricas produzidas na China e que obrigou a realocação ou o retorno à produção de quadros na Europa, a produção de quadros de alumínio está praticamente no limite.

Um quadro de aço com formas inimagináveis até pouco tempo atrás – foto: Thyssenkrupp Steel Europe

 Estima-se que nos próximos 3 anos, sejam produzidos no velho continente, aproximadamente 3 milhões de quadros em fábricas de Portugal, Polônia e Romênia (através de grupos italianos). Segundo pessoas ligadas ao setor de maquinário para a fabricação e bicicletas, é muito provável que essa nova liga de aço seja o material a ser utilizado muito em breve. Comenta-se nos bastidores do setor que uma fábrica para a produção de quadros de bicicleta, toda robotizada e que  será inaugurada no próximo mês de agosto poderia ser a arrancada da produção de quadros com a utilização desse sistema de construção.

A novidade do processo está na forma da construção dos quadros de aço, onde não são mais utilizados tubos tradicionais ou os ovalados de Cromoly.  A chapa de aço galvanizado de duas fases é inicialmente formada por dois meios tubos, duas seções em formato de meia concha,  que são soldadas em um processo automatizado de solda a laser 3D de alta precisão. Essa tecnologia, usada de outra forma somente na indústria de alta tecnologia, produzindo soldas praticamente invisíveis de qualidade consistente e de alta qualidade para a construção de quadros de bicicletas, apresentando possibilidades completamente inovadoras de design quando se trata de bicicletas construídas com tubos de aço. 

Segundo engenheiros envolvidos no projeto, a rigidez extremamente alta da estrutura de aço na área dos movimento central   garante um melhor aproveitamento biomecânico da transmissão de potência e auxilia na propulsão. Ao mesmo tempo, a alta flexibilidade do tubo de selim e as propriedades intrínsecas de amortecimento do material proporcionam uma condução confortável e reduzindo o cansaço”, resumindo, com a liga DP600 conseguiram aliar as qualidades de desempenho e conforto, somadas a um visual aerodinâmico.

Um quadro de aço com formas inimagináveis. . A gigante alemã Thyessenkrupp desenvolveu um quadro de aço altamente durável com maior resistência e rigidez do que o alumínio e com o design de um quadro de carbono. O novo processo poderá recolocar novamente o aço na produção de quadros para bicicleta
Rigídez, conforto aliados ao design – Steelworks foi além dos limites do aço foto: Thyssenkrupp Steel Europe

“Inspiramo-nos nas diversas propriedades do aço. Sem a alta resistência do aço, o projeto biônico do tubo de selim não teria sido possível . Usando chapas de aço finas e processos de produção de última geração, a bicicleta steelworks rompe com as convenções de construção de quadros tradicionais  para combinar as demandas conflitantes como a rigidez e conforto.”, diz Jia-Uei Chan, líder do projeto steelworks.

O projeto do quadro de bicicleta de estrada  recebeu o prêmio  Red Dot Desing Award na categoria materiais e superfíciespelo desenvolvimento do novo método de construção do quadro. Destacando fortemente a sua origem e seu conceito: Construído pro engenheiros. Feito de aço. Destacando a forte tradição da alta tecnologia da Thyessenkrupp na siderurgia e no desenvolvimento do aço.

O quadro Steelworks levou o prêmio “Melhor dos Melhores”, disputando com outros 5.000 projetos em 40 categorias, assim como destaque, o premiado quadro de aço, ficara exposto por um ano no Red Dot Desing Museum.

Segundo a própria Thyssenkrupp, bicicletas construídas com essa nova tecnologia estarão disponíveis no mercado, mais precisamente na Europa, no final de setembro de 2019.

4 comentário em STEELWORKS: QUADRO DE AÇO COM FORMAS DE CARBONO

  1. GABRIEL MEZIAT disse:

    Quero!

  2. amorku@16yahoo.es disse:

    Maravilla. Que diseño tan fluido un nuevo deseo un anelo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.