TOUR DE FRANCE 2017 – KRAFTWERK, MÚSICA E 21 BICICLETAS CANYON

A Grand Départ do Tour 2017 aconteceu em Düsseldorf com uma crono individual aonde  Gerraint Thomas superou seus adversários nos 14 km de asfalto molhado. Porém a largada na cidade alemã resgata e apresenta novidades que rodam juntas: o Kraftwerk conjunto de música eletrônica e a exclusivíssima Canyon  CF SLX Kraftwerk da qual foram produzidas, apenas, 21 bicicletas, como as 21 etapas do Tour

O Tour de France 2017 começou debaixo de chuva Düsseldorf aonde o Kraftwerk iniciou sua carreira – foto: © ASO/Bruno Bade

A abertura do Tour de France  sempre  vem carregada de algumas surpresas, a 104ª edição da volta ciclística mais importante do calendário internacional que começou em Düsseldorf  veio carregada ao som da música eletrônica do Kraftwerk que se apresentou na festa de abertura realizada na sexta-feira quando foram apresentadas ao público e à imprensa todas as equipes.

Kraftwerk Ultimate CF SLX foto: © Tino Pohlmann

O Kraftwerk é uma banda de música eletrônica que começou em 1970 no lendário estúdio Kling Klang e que mostrou sua paixão pelo ciclismo em 2003 com o álbum Tour de France SoundTracks, e dizem que alguns de seus integrantes resolveram parar com a música para se dedicar ao pedal.  Seu fundador Rafl Hütter tem uma declaração famosa pelo esporte (O ciclismo) …é uma representação do homem e da máquina em harmonia. Guiando a bicicleta você deve utilizar o corpo, a inteligência, a técnica. É o mesmo com a música. Você fica em harmonia com seu corpo. Para nós é como um treino perfeito quando não estamos no estúdio”. Os caras são tão apaixonados por ciclismo que no vídeo feito para o Tour com sua música em um determinado momento e por alguns poucos instantes aparece o desenho expandido de um pedivela Campagnolo.

 

Tamanha paixão pelo ciclismo e pela bicicleta acaba de ser reconhecida pelos seus conterrâneos da Canyon que produziram uma série limitadíssima de 21 bicicletas – como as 21 etapas do Tour – do modelo Ultimate CF SLX Kraftwerk.

© Tino Pohlmann

A ideia dessa homenagem surgiu da motivação pessoal do fundador e CEO da Canyon, Roman Arnold. “Quando eu me lembro da festas na minha adolescencia quando iamos às festas nos porões com os amigos, as minhas lembranças são dominadas pelo som inovativo de Kraftwerk. Kraftwerk e o mundo do ciclismo estão ligados de uma maneira especial um a outro, a singularidade de sua música e o desenvolvimento da Canyon mostram muitos paralelos e foi assim ao longo dos anos sempre inspiração para nossas bicicletas. Para nós é uma honra, nosso maior  respetio por  tudo aquilo que o Kraftwerk alcançou e que conseguimos traduzir de forma perfeita com esta incrível pojeto Canyon e Kraftwerk”.

© Tino Pohlmann

  O design da Ultimate CF SLX Kraftwerk foi criado por Ralf Hütter, líder e fundador da banda. Trata-se de um desenho de linhas geométricas intrincadas feitas em fita reflexiva com medida e corte controlado por computador e que depois é aplicada em toda a bicicleta. Se o desenho te trouxer à cabeça uma lembrança do filme Tron, pode ser que você esteja no caminho certo senão basta escutar o álbum completo de Tour de France SoundTracks e entrar no clima. O padrão segue os desenhos adotados pela banda e todo trabalhado leva mais de sete horas, após a aplicação das fitas o quadro recebe um tratamento com um tipo de verniz para garantir a proteção e longevidade ao trabalho, além disso ao final do processo e antes da montagem dos componentes cada quadro passa por uma tomografia computadorizada para controle de qualidade final do quadro. A bicicleta vem equipada como a Ultimate CF SLX com o grupo eletrônico e sem fio Sram eTap e rodas Zipp 303 Firecrest de carbono.

Os 21 felizardos que forem rápidos no acesso à internet pagarão na bicicleta 10 mil euros (lá na Europa e sem impostos algo como 38 mil – para não assustar os leitores, não colocaremos o preço que ela chegaria ao Brasil, mas com certeza seria um  modelo único no país)  As vendas se iniciam na segunda-feira 3 de julho e cada comprador da Kraftwerk Ultimate CF SLX recebera sua bicicleta em um case especial alusivo ao modelo e também devem estar incluídas algumas lembrancinhas da banda.

Tony Martin uso uma Speedmax com o desenho Kraftwerk –  foto: © ASO/Alex Broadway

E por falar da 1ª etapa do tour a Crono de 14 km nas ruas de Düsseldorf, o campeão mundial Tony Martin, da Katusha-Alpecin uso uma Canyon Speedmax CF SLX com o desenho Kraftwerk, porém ficou com a 4ª posição, o vencedor da etapa foi o galês Geraint Thomas da Sky cobrindo o percurso em 16m04s.

 

 

Deixe uma resposta