VOLTA DE GUARULHOS: MURILO AFFONSO COMEMORA ANIVERSÁRIO DO FILHO COM VITÓRIA

 

A segunda edição da Volta  de Guarulhos reúne durante 4 dias a elite do ciclismo brasileiro e mais duas equipes argentinas Na primeira etapa de 160 km os homens da Funvic-Soul dominaram o pelotão de 109 ciclistas. O paranaense Murilo Affonso se impôs no sprint em uma jornada marcada por vento, fugas e alguns tombos no pelotão

 

Murilo Affonso vence a primeira etapa da Volta de Guarulhos Foto: Luis Claudio Antunes

Em um ano de queda nos investimentos para a realização de eventos, há muito a se comemorar com a disputa da 2ª Volta Ciclística Internacional de Guarulhos e seus 566 km pelas estradas da região de Guarulhos , afinal talvez esta seja a única competição por etapas que será disputada até o final do ano, uma triste realidade e que também esteve na berlinda porque até 24 horas antes autoridades  ainda não haviam concedido algumas autorizações necessárias para que a caravana pudesse utilizar alguns trechos das estradas. Porém prevaleceu o bom senso, e as autorizações foram liberadas. Ponto positivo para o organizador José Claudio do Santos, o Facex, presidente da Associação Desportiva Facex, organizadora do evento por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, e com apoio da Prefeitura de Guarulhos que com a nova gestão retoma o incentivo ao esporte na cidade.

No quesito esportivo, as horas que antecederam a largada foram marcadas por um jogo de bastidores. Tudo começou  com a CBC divulgando a 6 dias da largada que a equipe Soul Brasil Pro Cycling Team receberia a punição de 35 dias de imposta pela UCI por anormalidades em controles de dopagem também para as provas disputadas no território brasileiro.  A equipe recorreu junto ao TJD e conseguiu uma liminar que lhe garantiu o direito a disputar a competição. Apesar de algum aparente mal estar apontado por alguns dirigentes, é importante entender que é algo como se no futebol o seu time fosse punido em um torneio como a  Libertadores, mas essa punição não fosse estendida ao campeonato brasileiro – é uma comparação muito grosseira, mas resumindo é isso o que aconteceu com a única equipe Pro Continental do país; dirigentes de outras equipes sinalizaram uma maior preocupação com  a prova que viria pela frente do que com uma batalha em tribunais.

Um pelotão de 109 ciclistas disputou a 1ª etapa da Volta de Guarulhos Foto: George Panara/Mundo Bici

Em uma jornada ensolarada e com  vento batendo de frente o pelotão rodou em um ritmo forte no ótimo asfalto das rodovias Carvalho Pinto e Ayrton Senna . A Soul (Funvic) saiu ao trabalho e desde os primeiros quilômetros buscou ação com seus ciclistas fustigando o pelotão com ataques.

As ações de ataque e contra-ataque acabaram resultando em uma fuga que se originou após 50 km de prova com Lauro Chaman e André Almeida da Soul , Jaílson Diniz/ADF, Lucas Motta/S.Francisco Saúde-Klabin, Felipe Cristiano/UFF, Luciano Pereira/Memorial e Antonio Luan/ECT-Taubaté

O grupo formado por André Almeida (Funvic-Soul), Lauro Chaman (Funvic-Soul), Felipe Cristiano (UFF), José Jailson Diniz (ADF), Lucas Ribeiro Motta (Ribeirão Preto), Antonio Luan (ECT) e Luciano Pereira (Memorial) e o chegou a abrir uma vantagem de 1min30s sobre o pelotão principal.

Os sete escapados chegaram a colocar mais de 1m30 de vantagem e rodaram quase 80 km, até serem reagrupados. Na última meta de montanha da jornada destacam-se os homens da Soul: Magno Nazarert (que leva o prêmio) e  Flávio Cardoso dos Santos (Funvic-Soul) que foram acompanhados por Elton Pedroso da Silva/Memorial-Santos.

Foto: George Panara/MundoBici

Nos quilômetros finais a Soul colocou seus homens mais uma vez no comando da competição em busca da definição da etapa que aconteceria nas ruas da cidade de Guarulhos, no Bosque Maia: Murilo Affonso, Caio Godoy, André Almeida e o espanhol da equipe Jordi Casulleras estavam á frente e foram acompanhados pela dupla da S.Francisco Saúde-Klabin Alan Maniezzo e Rodrigo do Nascimento e ainda Armando Camargo Filho/ADI Indaiatuba.

Na chegada o paranaense Murilo se apresentou com mais força, para cruzar com os braços em alto e comemorar além da vitória na primeira etapa da Volta de Guarulhos, o quinto aniversario de seu filho Valentino para quem dedicou o resultado. O segundo lugar ficou para Armando Camargo, seguido por Alan Maniezzo.

Um ponto alto da etapa, fora do lado competitivo e organizacional foi o excelente trabalho realizado pelos motociclistas das policias rodoviárias federal e estadual que deram total cobertura nas passagens pelas rodovias Dutra, Ayrton Senna e Carvalho Pinto fechando todo acesso e dando uma tranquilidade ao pelotão e as equipes que trabalhavam durante a prova. Exemplar também foi o trabalho do departamento de trânsito e da Guarda Municipal de Guarulhos que simplesmente garantiram total segurança para que o pelotão e toda a caravana entrassem na cidade, apesar do congestionamento provocado com o travamento de algumas das principais avenidas da cidade, é possível perceber que o público se envolve com o esporte, basta oferecer o espetáculo e mostrar o trabalho.

A segunda etapa será disputada na sexta feira em 90 km entre Guarulhos e Mairiporã com a dura subida ao Pico do Olho D’Água

Volta de Guarulhos 

 1ª etapa   Guarulhos>São José dos Campos>Guarulhos – 155 km

1-  Murilo Ferraz Affonso/Soul Brasil Pro Cycing Team/BRA  3h44min15seg114

2-  Armando Camargo/ADI-Indaiatuba SEME/BRA  0,065

3-  Alan Maniezzo/S. Francisco Saúde-Klabin-SME Rib. Preto/BRA 0,303

4- Jordi  Casuellas/Soul Brasil Pro Cycling Team/ESP 0,412

5-  Caio Godoy/Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA 0,564

 

Classificação Geral Individual

1) Murilo Ferraz Affonso (Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA), 3h44min05seg

2) Armando Camargo (ADI/Indaiatuba SEME/BRA), 3h44min09seg

3) Alan Maniezzo (S. Francisco Saúde/Klabin/SME Rib. Preto/BRA), 3h44min11seg

4) Jordi  Simon Casuellas (Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA), 3h44min12seg

5) Caio Godoy Ormense (Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA), 3h44min15seg678

 

Classificação por Pontos

1- Murilo Ferraz Affonso/Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA – 10 pontos

2-  José Cândido Prado Junior /Memorial-Santos-Fupes/BRA –  7

3 – Armando Camargo/ADI-Indaiatuba SEME/BRA-  7

Classificação de Montanha

1- Magno do Prado Nazaret/Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA-  6 pontos

2-  Flávio Cardoso dos Santos/Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA-  4

3- Elton Pedrozo da Silva/Memorial-Santos-Fupes-  2

 

Classificação por Equipes

1-  Soul Brasil Pro Cycling Team/BRA, 11h12min45seg

2- São Francisco Saúde-Klabin-SME Ribeirão Preto/BRA, 11h13min02seg

3-  ADI/Indaiatuba Secretaria de Esportes/BRA, 11h13min18seg

4-  Apuana  Team/ACIL – Associação Ciclismo Lomba Grande, 11h13min25seg

5-  Italomat-Dogo/ARG, 11h13min36seg

 

Deixe um comentário