WORLD TOUR – QUEM NO PELOTÃO GANHOU MAIS DINHEIRO EM PRÊMIOS?

Chris Froome tem o maior faturamento em prêmios da temporada 2015, embolsou mais de 500 mil Euros. O ciclismo ainda está muito longe de outros esportes quando o assunto é premiações em dinheiro.

Magnatas do pelotão? Não é para tanto, o ciclismo ainda está longe de outros esportes quando o assunto são premiações em dinheiro Foto: ©AP

Magnatas do pelotão? Não é para tanto, o ciclismo ainda está longe de outros esportes quando o assunto são premiações em dinheiro  Foto: ©AP

Restando poucas competições até o final do ano, mas com a temporada oficial do pelotão World Tour encerrada no último final de semana (04/10) com a disputada o Il Lombardia,  o balanço dos ganhos em prêmios no pelotão pode ser fechado, e fica claro, avaliando os números de alguns ciclistas que o maior volume de dinheiro no esporte a pedal, circula na grande volta francesa.

De longe o maior faturamento ficou com Chris Froome que levou mais de 506.880 euros (algo próximo aos R$ 2.205.000). Nestes valores foram computados apenas os valores do prêmios obtidos em competições, portanto ficam de fora os números do contrato com a equipe e o faturamento obtido com  vários patrocinadores pessoais.

Os números de Froome estão diretamente ligados ao seu desempenho no Tour de France aonde conquistou a camisa de líder e também a classificação de montanha – aquela da camisa branca de bolinha vermelhas.

O campeão do ranking da UCI, o espanhol Alejandro Valverde chegou a valores que superam os  400 mil euros – ou 1.740 milhões de reais, nada se comparado a algumas estrelas do futebol brasileiro. No Tour de France ganhou 112.900 euros;  quando seus resultados se somam às vitórias na Flèche Wallone e Liège-Bastogne-Liège, o 5º lugar no Mundial de Richmond, aos prêmios da Vuelta e à classificação do ranking UCI se chega a uma quantia que é irrisória pois esse valor é o arrecadado ao longo de uma temporada, ou seja 86 dias de competições e mais de 14.500 km de pedal, o vencedor do Torneio de Tênis de Wimblendon levou £1,88 milhão ou  11 milhões de reais, as premiações no ciclismo são tão baixas que basta compará-las aos eliminados na primeira fase de Wimblendon aonde quem perdeu leva  £29 mil – quase 170 mil reais-Os campeões das duplas masculina e feminina receberam  £340 mil – quase 2 milhões de reais.

O espanhol Alberto Contador tem números muito próximos aos € 250 mil – R$ 1,09 milhão – com a sua vitória no Giro d’Itália, 2º na vuelta a Andalucia, 5º na Tirreno>Adriático, 4º na Volta a Catalunya e 1º na Route du Sud. Um valor pouco superior foi conquistado por Fabio Aru que fez o segundo lugar no Giro e venceu a Vuelta a España. Nairo Quintana que levou a camisa branca de melhor jovem no tour e ainda o segundo lugar na classificação geral, seus lucros estão em €233.350 – pouco mais de 1 milhão de reais. O italiano Vincenzo Nibali teve a maior parte da premiação ou 83.190 euros – dos resultados no Tour de France, somando-se o Campeonato Italiano e o Il Lombardia chegou na casa dos 100 mil euros- 436 mil reais.

O mais novo campeão mundial, Peter Sagan chegou a um “faturamento” de quase 95 mil euros ou 414 mil reais, sendo que 22 mil graças à conquista da camisa arco-íris.  Ganhar uma etapa no Tour de France  e terminar na segunda colocação na classificação  dos jovens ajudou a engordar a conta de Romain Bardet com  € 68.680 – 299 mil reais, André Greipel e suas quatro vitórias de etapa com € 59.500 – 259 mil reais, Thibaut Pinot com € 32.470 – 141 mil reais. O vencedor do Tour de Flandres  e segundo na Milano-Sanremo, Alexandre Kristoff, ganhou um pouco menos, um valor próximo aos € 50 mil – R$ 218 mil.

Se os prêmios seguem essa linha, é bom dar conta de que os salários no pelotão profissional estão a milhares de quilômetros dos ganhos do futebol, mas também andam longe das estrelas do basquete que jogam a Euroliga, no pelotão World Tour aonde temos espalhados em 17 equipes  pouco mais de 400 ciclistas, são apenas 20 os ciclistas que tem rendimentos por cima de um milhão de euros por ano, no basquete são quase 50 espalhados em 24 equipes com 14 jogadores.

Deixe uma resposta